Era uma vez uma menina de 16 anos, que resolveu criar um blog para desabafar... E que agora, aos 21, continua a escrever. De teen a adulta; de Portugal à Holanda - A saga!

02
Out 05
Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer;

É um não querer mais que bem querer;
É solitário andar por entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É cuidar que se ganha em se perder;

É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata lealdade.

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade,
Se tão contrário a si é o mesmo Amor?


                         Luís de Camões

 discarded.jpg
publicado por Nana às 18:04

comentários:
Sempre axei lindo, o poema... mas depois k mo dedicaram fikei a amá-lo!!! Diz tanta coisa...
Fika mm bem no teu blog miga...muitos beijos!!
sushi a 2 de Outubro de 2005 às 21:38

Gosto mto desse poema...mm fixolas...^_^...epá o teu bloginhu tá mto giruh...ali com a cançao do euro e kes...lol...vá jokinhas***
_Rikku_ a 2 de Outubro de 2005 às 18:11

Outubro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
14
15

16
18
19
22

23
25



tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Se os virem... Avisem!
Eu, por acaso, gosto desta!
E quantos são? (desde 30.07.2008)
blogs SAPO