Era uma vez uma menina de 16 anos, que resolveu criar um blog para desabafar... E que agora, aos 21, continua a escrever. De teen a adulta; de Portugal à Holanda - A saga!

15
Dez 08

Na Quinta-feira passada, fui patinar no gelo. Eu, que nunca na vida tinha patinado, nem sequer naqueles patins normais, com rodinhas, fui patinar no gelo.
E, para ser honesta, foi incrível!!

Para começar, nesse dia tivemos uma sessão clínica. Normalmente as nossas sessões clínicas são relativamente perto da faculdade, mas lá calhou esta ser em Amsterdam-Noord, parte não muito recomendável de Amsterdão. Demorámos coisa de uma hora para lá chegar de autocarro, só para, uma hora depois, chegarmos à conclusão de que o paciente não pode beneficiar de fisioterapia; na minha opinião, aquele tornozelo já pede cirurgia há muuuito tempo.

Anyways, depois da sessão clínica, lá nos apressámos para o jantar de Natal da minha faculdade. Chegámos cerca de uma hora depois do previsto, mas ainda comemos à borla. Devo já avisar a qualquer pessoa que visite a Holanda que não coma stampot boerenkool. Mesmo que eles digam que é bom. Acreditem, não é!

Entretanto, um dos empregados perguntou-nos se nos importávamos de desviar a nossa mesa durante uns segundos (estávamos a bloquear o caminho para uma porta que eu suponho que fosse de uma despensa). Esta foi a parte da noite em que aprendi que a “chico-espertice” nunca leva a lado nenhum. Tive um diálogo com o senhor empregado, que se passou mais ou menos assim:

Eu: - Excuse me, hi... I’m portuguese and, In Portugal, we have this sort of tradition... It says that, if you move the table and I’m still eating, you’ll have to buy me a drink (Opá, o que é que querem, eles estavam a cobrar 3,50€ por uma cerveja!).
Empregado: - Uh... Olhe que eu sou português, menina, e nunca ouvi tal coisa!

Conclusão, o senhor era alentejano de raiz e ainda nos rimos à pala da situação. E já que a faculdade pagou o jantar, acabou por não ser tão mau ter que pagar as bebidas.

Depois disso, fomos todos patinar no gelo. Depois de duas horas e meia, eu já conseguia ficar em pé sem ninguém me agarrar. Claro que, por essa altura, já tinha o rabo parcialmente negro e gelado, os músculos das pernas contorcidos e uma postura que sugeria que, no dia seguinte, as minhas costas iam estar doridas.

Ainda assim, foi super divertido. Como a maioria do pessoal do curso vem de países onde patinar no gelo é um hábito, eles iam-se revezando, dois de cada vez, para andar comigo às voltas. São queridos, eles, não são?

Agora, alguns já começaram a voltar para casa, para o Natal... Eu vou para Portugal dia 19... Mas em Janeiro, vamos patinar outra vez!! 
 

publicado por Nana às 17:06
sinto-me: doente, mas contente
música: Oh Holy night - Celine Dion

comentários:
eutb só patinei nma pista de gelo uma vez, mas a coisa não correu bem lool apesar de ser giro!! tb vou p portugal dia 19 :)
Tulipa_negra a 16 de Dezembro de 2008 às 20:10

Sempre quis patinar no gelo! =DDDD
Pois, o português está onde menos se espera. lol
Marta a 17 de Dezembro de 2008 às 20:18

Nanita um Feliz Natal...

Beijinhos
PrincesaVirtual a 24 de Dezembro de 2008 às 17:05

O que é feito da menina que não a tenho "visto" por aqui?!
Tudo bem?!
Pronta para um novo ano?!
beijinhos
Amarelinha a 2 de Janeiro de 2009 às 22:17

Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Se os virem... Avisem!
Eu, por acaso, gosto desta!
E quantos são? (desde 30.07.2008)
blogs SAPO