Era uma vez uma menina de 16 anos, que resolveu criar um blog para desabafar... E que agora, aos 21, continua a escrever. De teen a adulta; de Portugal à Holanda - A saga!

14
Jun 08

 

De acordo com a Wikipedia existem, no planeta Terra, 6.670.000.000 pessoas.
Cada uma dessas pessoas tem, digo eu, a sua própria personalidade. Ou seja, existirão neste mundo cerca de 6.670.000.000 personalidades diferentes. Estou certa?
Personalidades com qualidades, defeitos e feitios.
 
Ora eu, no meio das minhas qualidades (pouquinhas) e dos meus defeitos (uns quantos), tenho uma característica que considero ser bastante comum: sou insegura.
Não sempre, atenção. Não sou (ou, pelo menos, não costumo ser, mas por vezes lá tem que ser) do género de olhar sempre para o lado, para ver se está alguém a julgar o que faço ou deixo de fazer.
 
Geralmente, sou insegura quando sei que estou a ser avaliada por alguém que respeito. Tão simples quanto isso.
Mas não é esta característica algo comum? É a minha opinião, e vale o que vale. E, pelos vistos, vale muito, muito pouco.
 
Porque, nos exames prácticos, levo sempre com um “Tu até sabes as coisas, só que pareces um pouco insegura... Por isso é que te desço a nota, está bem?”
 
NÃO, não está bem, porra!
Estou honestamente farta dessa conversa. Se sei as coisas e, ainda por cima, as fiz bem feitas,  porque é que não hei-de ter uma nota como deve ser, só porque “pareço insegura”?
Se “pareço insegura”, é porque SOU insegura, por natureza. Foi algo que adquiri com alguém que não merecia, admito. E não me parece que seja algo que vá mudar num curto prazo de tempo. O que me parece é que já ouvi esta história vezes de mais este ano.
 
Quando eu for fisioterapeuta há um tempinho, logo deixo de ser insegura. Mas por agora, NÃO me baixem a nota. Não por algo que não posso mudar com a facilidade com que ponho base na cara para disfarçar a pele corada.
 
PS: Sabiam que o fuso muscular é um órgão em forma de fuso composto de um feixe de fibras musculares modificadas? E que estão dispostos paralelamente às fibras musculares extrafusais (do músculo em que está inserido) e respondem ao estiramento muscular? Não sabiam, pois não? Ah pois é... :)
publicado por Nana às 17:40
sinto-me: injustiçada...
música: Minha Casinha - Xutos e Pontapés

Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
28

29
30


tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO